Dieta da carne

por Giovanna em abril 2, 2012

Proteína é um dos blocos de construção mais essenciais para o homem. Esta, certamente, estará presente no cardápio diário. Os carboidratos também são essenciais, por isso, fazer uma dieta da carne, sem carboidratos, deve ser inferior a 10 dias.

Se você quer perder peso e escolheu a dieta da carne, remova da dieta os produtos como pão, batatas, doces, frutas, álcool e cereais. Você pode comer todos os tipos de legumes, exceto cenoura e feijão. Também não é recomendado usar bebidas doces e com gás. Isso se aplica não só ao tempo de cumprimento da dieta de carne, mas em sua dieta normal.

Como o nome indica, durante esta dieta, recomenda-se comer carne. Você pode escolher a seu gosto os tipos de carne e o método de preparação. Esta “celebração do estômago” – carne bovina, suína, frango, peru, coelho, cozido, ensopado ou frito. Aqui, porém, há apenas uma restrição – se for fritar, usar apenas óleo de oliva. A lista dos produtos permitidos é bastante grande como todos os tipos de carnes, peixe e ovos. Usar sal durante o cozimento não é recomendado.

Eficácia da dieta

A eficácia da dieta de carne, bem como qualquer outra, depende de seguir todas as exigências obrigatórias. Interrupção não só irá parar o processo de perda de peso, mas também pode levar ao ganho de peso adicional! Mesmo a adesão estrita à dieta da carne – esta não garante sucesso.

Para realmente entrar em forma, não se deve esquecer da atividade física. Você vai perceber um resultado impressionante, se você começar a fazer exercício físico por algumas horas antes e após as refeições. Assim, durante 10 dias desta dieta, você não só irá poupar os pezinhos a mais, mas também firmará os músculos e sua pele não ficará flácida após a perda de peso, o que geralmente ocorre nas pessoas com baixa atividade física que perdem peso.

Quantidade de carne

Uma vez que a carne contém bastante proteína, você não precisa comer muito só de uma vez, para obter a sua dose diária recomendada. Na verdade, uma porção de carne é, geralmente, cerca de 120 gramas, o que é aproximadamente o tamanho de um baralho de cartas. Todas as vezes que puder, faça da carne um adicional, ao invés do foco de sua refeição. Por exemplo, um bife pequeno com um mix de legumes refogados, servidos com arroz integral ou massa integral é nutricionalmente melhor para você do que um grande pedaço de carne e salada.

Lembre-se que você não precisa incluir carne em sua dieta diária para atender suas necessidades de proteína. Produtos lácteos, soja, lentilhas, feijão e nozes também são ricos em proteínas e podem ser uma boa alternativa. Na verdade, uma dieta variada é mais saudável do que uma constituída em grande parte de somente um tipo de alimento.

Carnes a evitar

Carnes como porco, boi, carneiro e carne de veado devem ser consumidos com moderação, apenas uma vez por semana. A carne vermelha é rica em gorduras saturadas, que são responsáveis por elevar os níveis de colesterol, contribuindo para a doença cardíaca. Quando você comprar carne vermelha, prefira cortes magros e sem gordura, tanto quanto possível.

Cortes magros de carne vermelha são nutricionalmente melhores para você do que a carne moída, como hambúrguer ou salsicha, que contém adição de gordura. Vísceras são ricas em colesterol. Carnes processadas, como salsicha e salame devem ser consumidos com pouca frequência porque eles têm sido relacionados ao câncer de estômago.

A maneira como você cozinha a carne ajuda a determinar o quão saudável ela será. Evite fritar em gordura, o que irá aumentar a sua ingestão calórica. Em vez disso, grelhe as carnes ou asse no forno, para que as gorduras sejam removidas.

Carne para comer frequentemente

Carne branca (como galinha e peru) também contém gorduras saturadas, mas em níveis muito mais baixos, podendo ser evitada quase completamente através da remoção da pele antes do consumo. A melhor fonte de proteína através de carnes são os peixes, particularmente gordos, como o salmão. Em contraste com as gorduras saturadas presentes na carne vermelha, o peixe contém ácidos graxos ômega-3, que promovem a saúde do coração. Procure comer pelo menos duas porções de peixe por semana.

MENU DA DIETA DA CARNE

CAFÉ DA MANHÃ:

  • Ovos mexidos, ovos com presunto ou ovos cozidos
  • Omelete simples ou com queijo e presunto
  • Chá gelado
  • Café ou chá mate
  • Suco clight ou chá clight
  • Margarina ou manteiga
  • Presunto
  • Queijo
  • Salaminho

ALMOÇO:

  • Salada em geral
  • Salpicão (maionese caseira, salada, pimentão, frango, ovos cozidos, cenoura, chuchu, vagem e tomate)
  • Carne de vaca, porco, frango (caso haja molho, somente com tomates caseiros)
  • Peixe, camarão, atum, lagosta, caranguejo ou mexilhões
  • Linguiça
  • Ovos mexidos, ovos com bacon ou ovos cozidos
  • Omelete simples ou com queijo e presunto
  • Cheeseburguer
  • Refrigerante diet ou suco clight
  • Gelatina diet de morango

LANCHE DA TARDE:

  • Chá gelado ou quente
  • Café
  • Queijo
  • Salame

JANTAR:

  • Coquetel de camarão ou bife assado ou peixe ou frango
  • Salada mista
  • Gelatina diet com 1 col. (sopa) de creme de leite, artificialmente adoçado

{ 5 comentários… read them below or adicione um }

carla março 29, 2013 às 9:48 pm

quero perder dez quilos, sera que consigo em 30 dias perder com essa dieta

Responder

lukinha maio 13, 2013 às 7:34 pm

Muito Bom !

Responder

silvanice silva de souza junho 5, 2013 às 1:10 am

amei pois gosto de carne ai fica mais fácil so ovo que terei que mim acostumar em comer… mais a acasiao faz o ladrão….kkkkkkkkk….

Responder

ana caroline gomes da silva junho 13, 2013 às 10:40 pm

Eu gostaria de saber se pode comer pão ou bolacha de manhã e se no almoço pode comer arroz ?

Responder

larissa junho 21, 2013 às 9:50 pm

achei muito interessante essa reportagem, pois acho que vai ajudar muito na minha rotina.

Responder

Deixe um comentário

Post anterior:

Próximo post: